A ÁGUIA É LIVRE E LIVRE VOA NO CÉU DA CATEDRAL
Quarta-feira, 06 DE Julho 2016

 

BENFICA NO SEU ESTÁDIO DE OURO

 

Esperam por ti no Estádio de ouro
Lá, a lealdade não é palavra vã
O Benfica tem na força seu tesouro 
Inspirando-se nela p´ra vitória sã
Este clube é o açúcar do povo
E a elegância da honra dum campeão 
Ao ganhar, não é nada de novo
E a história registará encantada lição

Esperam por ti no campo de ouro
Com vitórias que pulam de emoção
Correm e jogam, chutando no couro
Entrando na baliza mais um golão
Mas se a bola for bem caprichosa
E nas redes não quiser entrar
Faz-se outra jogada fina e espantosa
E o golo acabará por ir lá morar

A vitória surgirá naturalmente
Ao Benfica, levando dedicação 
Pró povo que vibra arduamente
P’lo glorioso clube do coração
Choram e sofrem em ousada admiração
Seus fiéis adeptos, por tanto encanto
E p´la sua Águia, que é a pura paixão
Guardam as belas vitórias tidas em campo

Este é o clube que o mundo aclama
Quando os atletas entram em cena
Nas camisolas berrantes que se ama
Brilha o emblema num canto de poema
E a página da história é virada
P’lo Vermelho e Branco, seu tesouro
A gloriosa equipa quando joga é brindada
P'los preciosos adeptos no seu palco de ouro
 
 De; Fernando Ramos  -  3
5.4.2006
 

 

publicado por aguiapoeta às 17:01
Terça-feira, 05 DE Julho 2016

  

O EXPECTÁCULO DA ÁGUIA

 

No céu de brilho suave
Da esplendorosa casa de luz
A águia forte e altiva
Elegante e majestosa
Voa garbosamente
Seguida p´los olhares
Da multidão que se agita
Que em lágrimas se seduz
Vestida na cor quente
Da púrpura gloriosa
 
E naquele ameno voo
Puro e perfumado
Mensageiros celestes
Tecem a bela partitura
De um vibrante hino
Do vermelho aveludado
Que equipa o BENFICA
Por Deus abençoado
 
São lindas as imagens
De doçura divinal
Da Águia que se eleva
Em pura harmonia
E num fascinante fascínio
Ensina dignos adversários
A Respeitar tais magias
Nas amenas noites
Como nos cálidos dias
 
Os vibrantes adeptos
Vivem o suave encanto
Ouvindo a sinfonia
Do seu clube colossal
Deixando Adversários
Num total pranto
Com mais uma vitória
Do clube da Águia Imperial
 
Os fieis gloriosos sócios
De coração generoso
Observam em silêncio
Suculenta cena rica
Da esplendorosa Ave
Em seu voo sumptuoso
P’ra que sua alma nunca
Nunca doa pelo BENFICA
 
E no final do generoso voo
Desce ao seu tesouro
Perante olhares felizes
Que em sorrisos brilham
Por vê-la depenicando
Seu manjar de Ouro
Num magnifico espectáculo
Que Deuses e o povo Partilham
 
 
2-  De: fernandoramos


 

publicado por aguiapoeta às 17:57
Segunda-feira, 04 DE Julho 2016

 

 

 

  

1 - A ÁGUIA RAINHA DAS ALTURAS

 

  

 

Há tanto para dizer

 

Da Ave esplendorosa

 

E do encantamento à sua volta

 

Que na sua força e poder

 

Ostenta um símbolo de enaltecer

 

 

 

A exuberância é parte de si

 

E seus olhos de cristais

 

Transparentes como Diamantes

 

Guiam o adepto  

 

Que com ela anseia voar p´lo céu

 

Vistoso e colorido

 

Entre as nuvens que o merece

 

Buscando um destino apetecido

 

 

 

Foi Deus que a escolheu

 

E lhe ofereceu o dom de ser Benfica

 

Majestosa, bela e admirável

 

Rainha da luz e das alturas

 

No estádio que a glorifica

 

Nesse seu ninho de amor

 

Onde a chama imensa

 

Vibra e se ateia

 

 

 

Lá onde ele voa mais alto

 

Num tempo que com ela voa

 

No céu de segredo celestial

 

Onde nada ali se compara

 

Em tanta imponência Real

 

 

 

A Águia simplesmente Águia

 

Domina com o esvoaçar divinal

 

Porque a Majestade é ela

 

Poderosa e de fina postura

 

Que a multidão bem enaltece

 

A sua ave altiva e garbosa

 

Símbolo de farta bravura

 

  

 

1 - de: Fernando Ramos

 

 

 

 

 

publicado por aguiapoeta às 19:25

 

 

151 FR.jpg

 

 

POVO, POVO 

 

Povo, povo que estás na rua
MAIS UM TÍTULO ANDAS A FESTEJAR
Ergue a bandeira vermelha à luz da lua
Porque teu  povo a quer beijar

 

Eis BENFICA

teus adeptos vibrando à bandeira 
Que não sai de nosso olhar 
Flutuando ao Vento que a beija 

E ao sol que a deixa brilhar

BENFICA és o nosso amor

Que nos deixas felizes ao vencer

Por ti gritamos com tanto fervor

Tanto a sol como a chover 

 

Povo, povo que estás na rua
MAIS UM TÍTULO ANDAS A FESTEJAR
Ergue a bandeira vermelha à luz da lua
Porque teu  povo a quer beijar

 

de: Fernando Ramos

 

 

 

 

 

 

publicado por aguiapoeta às 19:05
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Posts mais comentados
blogs SAPO