Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁGUIA POETA

A ÁGUIA É LIVRE E LIVRE VOA NO CÉU DA CATEDRAL

ÁGUIA POETA

A ÁGUIA É LIVRE E LIVRE VOA NO CÉU DA CATEDRAL

100 - EUSÉBIO UM REI

06.08.18, aguiapoeta

 

 

EUSÉBIO UM REI

 

Quem viu jogar a virtuosidade

Guarda belo sentimento profundo

Da esplendorosa preciosidade

Nascida neste mundo, que é mundo


Eusébio, nome dum ilustre rei

Que brilha na alma das multidões

Porque cada finta, e cada golo seu

Dava obra de arte em decreto lei

Publicada em generosos corações

 

O adversário que não era tolo

Ao jogar com ele, fazia-lhe a vénia

Já sabia que da saída do fino golo

Seu chuto dava uma feliz comédia


E quando Eusébio fintava os centrais

Era remate precioso, pela certa

Nos estádios se murmuravam ais

P’la força da bola guiada por uma seta

 

E lá no velhinho Estádio da luz

Por suas preciosidades riam e choravam

Os Benfiquistas que, p’lo seu jogador de truz

Das suas jogadas se deliciavam


Ele é amado enquanto existir memória

E este mundo, não mais o vai esquecer

Seus feitos foram gravados na história

Dos Atletas de honrado vencer

 

E enquanto o tempo entender

A Águia elevará seu ouro de lei

O Benfica continuará a crescer

Em palcos onde seu nome é Rei


Aos adversários restava-lhes o consolo

De verem o talento que nunca se reparte

Cada finta, cada remate que dava golo

Era a perfeita graciosidade da bela arte

 

Hoje causa arrepios e emoção

Só de lembrar o grande artista

Seu talento elevava esta Nação

Por relvados dum bom desportista

 

24 - De: Fernando Ramos

2 comentários

Comentar post