Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ÁGUIA POETA

A ÁGUIA É LIVRE E LIVRE VOA NO CÉU DA CATEDRAL

ÁGUIA POETA

A ÁGUIA É LIVRE E LIVRE VOA NO CÉU DA CATEDRAL

47 - ORFEÃO DO BENFICA

19.02.21, aguiapoeta

 

  • 47 - ORFEÃO DO BENFICA
  •  
  • As estrelas cintilam envaidecidas no céu
  • Ao som do hino “ser Benfiquista”
  • Deus, corre cortinas destapando o véu
  • P'ra ver actuar o Orfeão com seu Ensaísta
  •  
  • Já mais de meio século passou
  • No brando ardor de tantas gargantas
  • Cantaram o Benfica, que muitos ensinou
  • Ser este o clube, das glórias Santas
  •  
  • Os Sagrados Anjos celestiais
  • Juntam a voz às gentes do Orfeão
  • Cantando com eles hinos espirituais
  • Ao seu Benfica grande campeão!
  •  
  • Pela batuta do Maestro que balança
  • Sobre a pauta de belas melodias
  • O coro se afina, em forte aliança
  • Num rico refrão p'ra tantas alegrias:
  •  
  •  
  • Somos campeões
  • Campeões
  • Campeões
  •  
  • Embevecidos por admiráveis palcos
  • Vibrando p'lo hino de Luís Piçarra
  • Sopranos, Baixos, Tenores e Contraltos
  • O elevam em clamor banhados de garra
  •  
  • E, em harmonia ensaiam de amores
  • Suas vozes de vermelho vestidas
  • Seus olhares são rios multicores
  • No firmamento das palavras benditas
  •  
  •  
  • BENFICA
  • BENFICA
  • BENFICA
  •  
  • Cantado na paixão mais pura do mundo
  • Embebida no perfume da bela poesia
  • Inundando de brilho o símbolo profundo
  • P´rás vozes do coração desfrutar a magia
  •  
  • O Orfeão, do cristalino clube perdurará
  • P'los tempos envoltos de boa memória
  • À voz doce e generosa restará
  • Cantar p'lo mundo, a maravilhosa história
  •  
  •  
  • 47 - de: Fernando Ramos
  • 28 Maio 2009
  •  
  • Pelos 52 anos do Aniversário do ORFEÃO
  • Do BENFICA
  •  
  • www.aguiapoeta@blogs.sapo.pt