A ÁGUIA É LIVRE E LIVRE VOA NO CÉU DA CATEDRAL
Quinta-feira, 26 DE Janeiro 2017

 

 

A MULTIDÃO DO BENFICA


Não há mais mentiras nas vitórias

Como havia anteriormente

Um clube viveu dessas más histórias

Enganando uns tontos de gente

São alguns vassalos adeptos

Do clube da invicta cidade do Porto

Julgando que as vitórias eram decretos

Do Presidente que lhes trouxe desconforto


Hoje sabe-se pelas célebres escutas

Como o fcporto de Pinto da Costa ganhava

Corrompendo p´las noites escuras

Arbitros que em prendas se refastelava


Por bares de alterne se negociava

Dentro do CALOR DA NOITE da diabrura

Ofereciam viagens, fruta boa e cara

Comprando vitórias de muita censura


Foram trinta anos de confusão

Que de Maio a Maio, o burlão

Construia um falso campeão

No seio da vergonha e suspeição


P´las nuvens a Águia se glorifica

Por ver condenado o meliante

Assim se escreve a força do Benfica

Desmascarando tal farsante


Já se ouve a melodia de Deus

Por relvados no nosso país

Os corruptos são simples fariseus

Sem a dignidade que não se desdiz

A multidão do glorioso Benfica

Aplaude o possivel fim da coisa feia

Por estádios a verdade se prontifica

A oferecer bom futebol p´ra grande plateia

 

6 - Fernando Ramos

2012

publicado por aguiapoeta às 17:00
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Posts mais comentados
blogs SAPO