Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ÁGUIA POETA

A ÁGUIA É LIVRE E LIVRE VOA NO CÉU DA CATEDRAL

ÁGUIA POETA

A ÁGUIA É LIVRE E LIVRE VOA NO CÉU DA CATEDRAL

86 - LUISÃO

27.09.21, aguiapoeta

 

  • LUISÃO
  •  
  • É grande com a braçadeira    
  • Como enorme é ser o Capitão
  • Pula o Adepto na sua cadeira
  • Quando ele faz golo com emoção
  •  
  • Dá um sorriso de soslaio
  • Por um corte de fino estalo
  • E joga de Maio a Maio
  • O Luisão de quem eu falo
  •  
  • E na beleza do manto precioso
  • Está seu perfume embriagador
  • E p´lo vermelho sempre viçoso    
  • Joga ele com tanto amor
  •  
  • E assim o destino se faz
    Como tem que se fazer
    Ver o Luisão, ser capaz       
    Deixar o Estádio se comover   
  •  
  • Ele é como as estrelas do céu
    Todas elas de belo brilhar
    Cada uma com talento seu!
  • E Luisão com seu belo jogar
  •  
  • É o Capião dos adeptos da Luz
    Que o elevam em euforia
    Cálido é, seu talento que seduz
    As bancadas em Harmonia
  •  
  • E o BENFICA irá sempre escrever
  • Seu nome em letras de ouro seguro
  • E Luisão sem se envaidecer    
  • Será sempre grande, fino e puro
  •  
  • de: Fernando Ramos
  • 2012   -  86

2 comentários

Comentar post